Conecte-se conosco

Publicado

em

A população do município de Mairiporã apresentou, nesta segunda-feira (30), diversas demandas ligadas à saúde, cultura, segurança e moradia em audiência pública do Orçamento 2023, realizada na Câmara de Vereadores da cidade, pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

O evento contou com a participação dos deputados Enio Tatto (PT), Maurici (PT) e Gilmaci Santos (Republicanos), presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, responsável pela organização das audiências.

Durante a reunião, o prefeito de Mairiporã, Aladim, afirmou que um investimento no Hospital Anjo Gabriel, localizado no município, ajudaria a liberar mais vagas nos demais hospitais da região, como com pacientes no pós-operatório, por exemplo. “Não estou falando de um convênio muito alto, um convênio parecido com o que a gente tinha no Covid [em hospitais de campanha], que era de R$ 623 mil, hoje esse valor já não dá mais, porque os preços subiram, mas um convênio de R$ 800 ou R$ 900 mil já nos ajudaria a mantê-lo”, disse.

Ricardo Messias Barbosa, presidente da Câmara de Mairiporã, também colocou o investimento no hospital em evidência e pediu equipamentos. “Pedimos a viabilização de um equipamento de ressonância para esse hospital que tanto vai ajudar a nossa população da região também”, falou.

Para a área da cultura, o deputado Enio Tatto pediu um aumento nos investimentos. “Há tantos programas culturais que seriam interessantes fazer para fomentar a cultura em todo o Estado de São Paulo, na periferia das grandes cidades, na periferia de Mairipor

ã, que já chega, ou passa, de 100 mil pessoas. É uma Secretaria que nós temos que olhar com carinho e colocar mais dinheiro”, apontou.

O secretário de Cultura de Mairiporã, Ricardo Massonetto, também pediu um aumento da porcentagem da quantia direcionada à pasta no Orçamento. “Nós precisamos reforçar que o governo dedique esforços para atender convenções internacionais que recomendam 1,5% do Orçamento estadual para a cultura. Pedimos o esforço do governo do Estado para que o orçamento se aproxime a 1%”, disse.

O deputado Gilmaci Santos ainda reforçou que “quando você aumenta um percentual em cultura, você não está gastando, você está investindo para que as cidades e o Estado de São Paulo possam arrecadar mais”. “Não é possível que em um orçamento como o do Estado de São Paulo tenha só 0,39% do orçamento para a cultura”, comentou.

O vereador Eliomar falou da necessidade de recursos para a segurança. “Precisamos fortalecer a nossa segurança municipal”, disse. Assim como Joselito de Souza, que pediu investimentos na guarda municipal. “O município que tem guarda municipal é um município mais seguro”.

O vereador Marcinho da Serra pediu mais recursos através da regularização fundiária. “Nós temos 206 núcleos irregulares. Nós sabemos a dificuldade que o governo municipal tem de conseguir fazer a regularização de todos os bairros, até por conta de recursos, porque é muito custoso para que pudéssemos regularizar todos eles”, falou.

Já o representante da OAB de Mairiporã Antonio Carlos Medeiros falou que a cidade necessita “que seja destinado uma parte do recurso do orçamento para 2023 justamente para a reforma e ampliação do fórum”.

Por fim, o deputado Maurici afirmou que tem certeza que o deputado Gilmaci Santos, como presidente da comissão responsável pelo relatório das audiências públicas do Orçamento 2023, fará “aquilo que estiver ao seu alcance, ainda que não seja muito. Ele poderá, e certamente, fará um gesto na direção de melhorar a qualidade de vida dos moradores de Mairiporã, porque ao fazer isso, ele estará contribuindo para a qualidade de vida de todos os moradores e moradoras da região”.

Como participar

As audiências públicas são transmitidas ao vivo pela Rede Alesp na TV e no Youtube. Os interessados em participar com demandas e sugestões, deverão se inscrever no site da Assembleia (www.al.sp.gov.br), no ícone “Audiências Públicas do Orçamento”, e seguir as orientações. No dia da audiência da região correspondente, o link da plataforma Zoom será encaminhado através do e-mail informado no formulário de inscrição. No mesmo ícone, o cidadão poderá enviar sugestões ao Orçamento.

Continue Reading
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ LIDAS