Conecte-se conosco

Publicado

em

Com mais de três milhões de usuários, a plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio, a pioneira no Brasil, registrou um crescimento de 80% no número de cadastros semanais durante o período de isolamento social. Os termos “Sugar Daddy” e “Sugar Baby”, de acordo com levantamento realizado com os dados de pesquisa Google, no período que abrange os meses de março a setembro de 2020, foram especialmente procurados pelo estado do Amazonas e Distrito Federal, respectivamente. O Amazonas, lidera a busca por “Sugar Daddy”. Já o Distrito Federal, a posição se inverte ao ocupar a primeira posição na busca pelo termo “Sugar Baby”.

Confira abaixo o ranking dos estados a procura do termo “sugar baby” durante a pandemia.

  1. Distrito Federal
  2. Amazonas
  3. Rio de Janeiro
  4. Santa Catarina
  5. São Paulo
  6. Goiás
  7. Amapá
  8. Minas Gerais
  9. Espirito Santo
  10. Paraná

Segue o ranking na busca pelo termo “sugar daddy”:

  1. Amazonas
  2. Acre
  3. Rio de Janeiro
  4. Distrito Federal 
  5. Tocantins
  6. Santa Catarina
  7. Roraima
  8. Espirito Santo
  9. Mato Grosso
  10. São Paulo

No cenário nacional, as sugar babies são 2.033.299 inscritas na plataforma MeuPatrocínio enquanto que os sugar daddies totalizam 305.968 usuários. São Paulo (29%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (10%), Paraná (7%) e Rio Grande do Sul (6%) são os estados com o maior número de cadastros, seguidos por Santa Catarina (4%), Distrito Federal (3,5%), Bahia (2,8%), Goiás (2,5%) e Pernambuco (2,4%).

Em tempos de pandemia, os usuários têm aproveitado as facilidades das plataformas de relacionamento. Com a possibilidade de descrever exatamente o que procuram, aproveitando todos os filtros disponíveis, fica mais fácil encontrar um parceiro adequado. E o relacionamento sugar, que tem se revelado uma nova tendência principalmente para aqueles que buscam uma relação fundamentada em transparência e objetivos comuns, ocupa a cada dia mais o espaço dos relacionamentos considerados “tradicionais”.

Continue Reading
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

A força feminina na advocacia paulista

Publicado

em

Por

Em novembro, 350 mil advogados de São Paulo vão eleger a nova diretoria da OAB. Pela primeira vez na história, a seccional paulista terá uma chapa com duas mulheres.

A pré-candidata Dora Cavalcanti terá como vice Lazara Carvalho, que foi vice-presidente da Comissão de Igualdade Racial. Zara é co-fundadora do Movimento Elo – Incluir e Transformar, formado de uma dissidência da atual gestão da OAB-SP.

A união de Dora e Lazara representa uma proposta inovadora ao promover a representatividade feminina e negra em espaços de poder da OAB. Em seus quase 90 anos, a OAB-SP nunca teve mulheres ou negros na presidência. Em dezembro do ano passado, o Conselho Federal da entidade implementou a cota de 50% de mulheres e 30% de negros em todas as chapas.

“Eu abraço essa candidatura com a certeza de que precisamos sair da inércia. Queremos uma OAB atuante na defesa dos direitos humanos e das prerrogativas da advocacia. O respeito à pluralidade e à diversidade é um debate que se impõe na sociedade, e a OAB não pode ficar fora”, afirma Lazara.

“Estamos construindo um projeto amplo que dialoga com a realidade e os anseios da nossa classe. Não basta incluir mulheres e negros apenas para cumprir a cota. Há muito que a OAB-SP deixou de representar o todo da advocacia paulista. Ter a Lazara nessa jornada é um passo importante para resgatar a vocação e a força da nossa Ordem”, acrescenta Dora Cavalcanti.

Continue Reading

Política

Assembleia de São Paulo aprova suspensão de reintegrações de posse e despejos durante pandemia da Covid-19

Publicado

em

Por

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou nesta quarta-feira (9/6) o projeto de lei que suspende, durante a pandemia da Covid-19, o cumprimento de mandados de reintegração de posse, despejos e remoções judiciais ou extrajudiciais em todas as cidades paulistas.

O Projeto de Lei 146/2020, de autoria da deputada Leci Brandão (PCdoB) e dos deputados Maurici (PT) e Dr. Jorge do Carmo (PT), diz que a medida vale por até três meses depois que terminar as medidas de prevenção ao contágio e de enfrentamento da propagação decorrente do novo coronavírus.

O texto segue agora para sanção ou veto, total ou parcial, do governador João Doria. O prazo é de 15 dias úteis para a decisão. Proposta semelhante já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, em Brasília. No mês passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) também suspendeu, por seis meses, medidas administrativas ou judiciais que resultem em despejos, desocupações, remoções forçadas ou reintegrações de posse, em imóveis de moradia ou de área produtiva pelo trabalho individual ou familiar, de populações vulneráveis.

Ao final da votação, a autora do projeto agradeceu aos colegas parlamentares. “É muito importante que hoje eu esteja tendo esse resultado na minha vida. Quero agradecer outros deputados que são de outros segmentos, são pessoas que entenderam a minha história e as minhas palavras”, disse Leci Brandão.

O deputado Dr. Jorge do Carmo comemorou o apoio. “Eu quero cumprimentar cada deputado por permitir que com o quórum [o projeto] fosse aprovado hoje”, disse. A lei passa a vale a partir da publicação no Diário Oficial pelo Poder Executivo.

Continue Reading

Atualidade

Mês das Crianças terá vendas do Bolo Sonho, da Bolo da Madre, 100% revertidas para Associação Acorde

A campanha acontece nas lojas da rede Bolo da Madre o ano inteiro, mas em outubro a ação especial reverterá todo o valor arrecadado para a associação de Embu das Artes.

Publicado

em

Por

A Rede Bolo da Madre, das sócias Daniela Pelipas e Fernanda Castanheda, é idealizadora de uma campanha muito especial chamada Projeto Social Sonho do Lucca.  Desde 2015 uma parte das vendas do Bolo Sonho é revertida para os projetos sociais da Associação Acorde, mas desde 2019 durante o mês de outubro, o “Mês das Crianças”, a arrecadação é 100% revertida para a Instituição. A causa conta com o apoio do ator e humorista Fábio Porchat, que pelo segundo ano consecutivo empresta sua imagem para a divulgação da campanha.

No ano passado (2019) a rede vendeu 15.000 Bolos Sonho, sendo que 3.500 unidades foram vendidas apenas no mês de outubro, o que representou 18% da venda anual. Neste ano, mesmo com a pandemia mundial do coronavírus, já foram vendidas até então mais de 16.000 unidades do sabor, número que possibilitou considerável auxílio à Associação Acorde, uma vez que muitos doares, por conta de limitações financeiras propiciadas pela crise, suspenderam as doações durante a pandemia.

A receita por trás do projeto homônimo, que tem auxiliado ao menos duzentas crianças e suas famílias, foi desenvolvida há 7 anos quando Lucca, filho de uma das sócio fundadoras da empresa, Daniela Pelipas, sonhou que seu doce preferido, o sonho de padaria, tinha virado bolo.  A versão em bolo ganhou massa de pão de ló macio e o clássico “creminho” especial que nos remete, automaticamente, às lembranças da infância.

Disponível em dois tamanhos, grande (R$40) e pequeno (R$29,00), o sabor se transformou em um sucesso de vendas e tem possibilitado o auxílio aos projetos sociais, educacionais e culturais desenvolvidos pela Associação Acorde, instituição que acolhe crianças e jovens em situação de risco e/ ou vulnerabilidade social na periferia de Embu das Artes, SP.

Para encontrar a loja mais próxima a você, e contribuir com o Projeto Social Sonho do Lucca na compra um Bolo Sonho, é só acessar https://www.bolodamadre.com.br/p/onde-encontrar e conferir todos os telefones e endereços das lojas pelo país.

Sobre a Bolo da Madre: 
A Bolo da Madre surgiu em 2013 quando a empresária e sócia-proprietária Daniela Pelipas, procurou um bolo simples para o aniversário do seu filho e só encontrou bolos confeitados. Em uma conversa com Fernanda Castanheda, também sócia proprietária e empresária de sucesso, o negócio foi idealizado com o objetivo de trabalhar não só com sabores, mas com a memória afetiva e carinhosa do que pode ser vivenciada através de cada um deles. “Queremos levar para a mesa de nossos clientes um bolo caseiro, feito com carinho e que traz boas lembranças. Oferecemos mais de 60 receitas que buscamos em livros de mães, avós, tias e pessoas queridas. O cliente pode levar o bolo inteiro quentinho e ter a sensação que saiu do forno da sua casa” explica Fernanda. São mais de 40 lojas espalhadas por todo Brasil.

Site: https://www.bolodamadre.com.br/
Instagram: http://instagram.com/bolodamadre
Facebook: https://www.facebook.com/BolodaMadre/ 

Sobre a Associação Acorde:
Fundada em 2001, a Associação Acorde realiza mensalmente cerca de 4.700 atendimentos em seus três programas: dois oferecidos para crianças e jovens entre 6 e 17 anos, no contraturno escolar, chamados Brincarte e Cativarte, e um voltado para adultos e jovens da comunidade chamado Centro Cultural Comunitário, que conta com o apoio das Prefeituras de Embu das Artes e Cotia e de voluntários. Durante o período de distanciamento social a Associação tem prestado apoio às crianças e suas famílias.

Site: http://acorde.org.br/
Instagram: https://www.instagram.com/associacaoacorde/

Continue Reading

+ LIDAS